Como guardar instrumentos musicais para mantê-los conservados?

Como guardar instrumentos musicais para mantê-los conservados?


Quando temos pertences de valor, sejam financeiros ou sentimentais, precisamos preservá-los com cuidado e protegê-los de qualquer acidente. Por isso, saber como guardar instrumentos musicais é fundamental para que eles não sejam danificados.

Se um instrumento não é acondicionado da forma correta, o dono o expõe a riscos que podem ser evitados, como quedas, deterioração do material, entre outros. Dessa maneira, é importante conhecer as principais estratégias de conservação e armazenamento, pois isso traz mais segurança e diminui a probabilidade de perdas.

Neste artigo, vamos entender a importância de guardar adequadamente os instrumentos musicais e quais práticas podem ser adotadas. Além disso, traremos algumas dicas para facilitar a proteção. Confira!

Entenda a importância de guardar os instrumentos de forma adequada

Os instrumentos musicais são equipamentos importantes e que têm valor para seus donos. Enquanto alguns são utilizados para um hobby, outros fazem parte da rotina profissional da pessoa. Seja qual for o cenário, é essencial tomar cuidado com o manuseio e encontrar um local adequado para guardá-los.

Logo, deixar o instrumento embaixo da cama, escondido em armários ou em locais de muita movimentação não são escolhas inteligentes. Alguns lugares facilitam a deterioração do equipamento, aumentando a chance dele mofar, desafinar ou empenar.

Além disso, um local adequado evita acidentes que podem, até mesmo, quebrar o instrumento. Portanto, é preciso cuidar para que nada esbarre nele, prejudicando a condição do seu equipamento.

Veja como guardar instrumentos musicais

Agora que já entendemos a importância do cuidado ao guardar, é hora de ver como isso pode ser feito. Conheça os principais cuidados para cada tipo de instrumento!

Cordas

Os instrumentos de corda, como violão, guitarra, violino, entre outros, não devem ser encostados na parede com o peso sobre o braço, que é a parte mais vulnerável. Ainda, ele não pode responsável por sustentar todo o peso, pois isso aumenta a chance de empenamento.

Além disso, pode trazer grandes prejuízos para as cordas e, consequentemente, para o som do seu instrumento. Se possível, o melhor é guardar em cases apropriados, com a afinação indicada, o que colabora para a tensão correta das cordas.

Percussão

A bateria é o instrumento de percussão que requer mais cuidados. Os pratos costumam ser movimentados e transportados com certa frequência, sendo necessário guardá-los sem correr o risco de danificá-los. Para tanto, existem as bags e, às vezes, capas de proteção. Isso ajuda a resguardar da umidade, do calor e traz mais segurança para o transporte.

Ainda, há os tambores, pandeiros e bongôs, que precisam de cuidados semelhantes. O principal é protegê-los de umidade para evitar ferrugem, manter longe de calor e frio extremo e lembrar de hidratar partes de pele ou couro.

Sopros

Os sopros, como saxofones e flautas, precisam de estojos ou cases adequados para o armazenamento. Além disso, a limpeza dos objetos também é essencial em qualquer caso, mas para esse contexto também é preciso secá-los com atenção, por dentro, para que não estraguem com a umidade.

Teclados

Os teclados também precisam de cuidados especiais. O primeiro deles é encontrar um local adequado, evitando que outras pessoas usem esse espaço para apoiar bolsas, carteiras ou qualquer objeto. O peso em cima pode danificar as teclas e o seu mecanismo, por isso, é essencial evitar esse comportamento.

Além disso, é necessário tomar cuidado com a limpeza das teclas, sendo importantíssimo evitar o acúmulo de poeira e a utilização do instrumento com mãos engorduradas. Uma capa em cima do teclado ajuda evitar o pó.

Confira algumas dicas de armazenamento

Para facilitar ainda mais o armazenamento, veja algumas dicas que garantem a conservação dos instrumentos musicais!

Manter o instrumento no case correto

A principal preocupação deve ser encontrar o case correto para o seu instrumento, pois ele é a forma mais segura de armazenamento dentro de casa. Os cases protegem contra impactos, calor e umidade, além de amenizar os resultados de possíveis esbarrões e quedas.

Logo, procure opções resistentes, que sejam acolchoadas e com proteção térmica. Esses aspectos ajudam a preservar os objetos, mesmo quando estão armazenados em locais que não são ideais.

Cuidar da limpeza

Para preservar as características dos instrumentos, é imprescindível cuidar da limpeza. Gordura nas cordas, saliva nos sopros ou migalhas entre teclas, são aspectos que comprometem a conservação e o funcionamento.

Por isso, tenha sempre em casa os produtos indicados para a limpeza de cada instrumento. Não há uma frequência ideal para higienizar os objetos, pois isso depende da quantidade de uso e do modelo. Mas busque limpá-los, ao menos, uma vez por semana, para uma margem de segurança.

Evitar locais que ofereçam risco de queda

Por mais que os cases tragam proteção, os instrumentos podem sofrer acidentes, caso fiquem em locais altos ou apoiados de forma inadequada. Ainda que nenhum dano externo seja notado, é possível que componentes internos sejam danificados, prejudicando a qualidade do som.

Sendo assim, escolha locais com suportes adequados, de preferência em ambientes que não tenham grande movimentação. Desse modo, as quedas e esbarrões que trazem danos para os objetos serão evitados.

Guardar em locais arejados

Outro ponto que deve ser considerado é o ambiente em que os objetos ficam. Muitos instrumentos podem ser danificados quando estão expostos à luz do sol, pois se ficam sujeitos ao calor, a madeira corre sério risco de empenamento, além de aumentar a probabilidade de desbotamento da tinta.

Ainda, a umidade excessiva traz prejuízos, uma vez que aumenta as chances de ocorrer oxidação e ferrugem em diversas partes dos instrumentos, como nas cordas, tarraxas, ponte e outros componentes. Por isso, o ideal é encontrar um ambiente que seja arejado, evitando as temperaturas e situações mais extremas.

Pronto, agora sabemos como guardar instrumentos musicais de forma segura, evitando acidentes ou fatores que podem comprometer a conservação dos objetos. Ainda, vimos que vale a pena investir em bons cases, locais adequados e em hábitos regulares de limpeza. Cuidados que devem ser seguidos por instrumentistas, pois garantem um som de qualidade, além de proteger um bem valioso.

Gostou do conteúdo? Então, aproveite para assinar a nossa newsletter e receba outras informações relevantes sobre o mundo musical!

Categorias

+ Sem comentários

Adicionar