Entenda o que é necessário para viver de música

Entenda o que é necessário para viver de música


O esforço e a vontade de aprender são elementos essenciais para quem deseja sucesso profissional, seja qual for a área de trabalho escolhida. Quem opta por viver de música precisa ter dedicação para dominar os conceitos desse segmento e se destacar em meio a tantos artistas.

O sucesso nessa carreira depende de horas de estudo, bons contatos e muito esforço para se tornar bom no que você faz. Portanto, é preciso ter em mente que, para viver como músico, o aprendizado e a perseverança farão parte do cotidiano. Afinal, a evolução constante é fundamental para continuar crescendo musicalmente.

Neste artigo, mostraremos o que é necessário para viver de música. Além disso, apresentaremos algumas opções de carreira no mundo musical. Continue a leitura!

O que é necessário para viver de música?

Algumas características são fundamentais para quem deseja seguir essa carreira e alcançar o sucesso. Veja o que é necessário!

Ter domínio musical

O primeiro aspecto é o mais importante, afinal de contas, não possível ser um músico sem ter o domínio musical.

Qualquer profissão exige conhecimento, sendo indispensável se dedicar durante horas de estudo e ter comprometimento. É muito difícil obter êxito em qualquer área sem dominar os conceitos e práticas que fazem parte dela.

Sendo assim, você deve conhecer a teoria musical profundamente, entender as escalas, variações rítmicas e outros aspectos relacionados. Ademais, é preciso saber tocar bem um ou mais instrumentos, e ser capaz de executar os acordes e acompanhar diversos estilos.

Gostar de praticar

A prática é o segredo do músico de sucesso e deve ser a companheira dele por toda a trajetória profissional. Por mais que você adquira bastante conhecimento, deve continuar praticando para não ficar desatualizado e perder as habilidades. Quem fica muito tempo sem praticar perde o virtuosismo, tendo mais dificuldade para executar as canções.

Portanto, é essencial estabelecer uma rotina de estudos para se manter em evolução. Você pode escolher algumas horas diárias ou semanais, o mais importante é ter regularidade.

Conhecer sobre empreendedorismo

O ramo musical também exige que os artistas tenham algum conhecimento sobre empreendedorismo. Isso acontece porque muitas vezes será necessário habilidade para vender as suas composições, músicas e serviços, pois isso trará os recursos para continuar nessa jornada.

É interessante saber como acontece a produção de shows, eventos musicais, rotinas de estúdio, entre outros. Essas informações são relevantes para que você tenha uma ideia do valor do seu trabalho, o que facilita a cobrança e negociação dos seus serviços.

Ser flexível

Outro aspecto fundamental é ter flexibilidade, ou seja, disposição para atuar em variados segmentos e lidar com diferentes estilos musicais. Nem sempre será possível fazer apenas o que você gosta, portanto, é preciso estar preparado para enfrentar desafios que o levarão para outras áreas. 

É normal tentar ser músico pelo interesse por bandas, shows ou, quem sabe, um gênero predileto. Porém, no decorrer de sua carreira, outras oportunidades mais interessantes podem surgir e não devem ser desperdiçadas. Por isso, é indispensável ter a mente aberta para agarrar as possibilidades que aparecem, não ficando restrito apenas a uma ideia.

Quais são as principais opções de carreira?

Existem várias opções de carreira para quem trabalha nesse segmento. Desse modo, é importante conhecer mais sobre cada uma delas e entender qual combina mais com as suas características. Confira as principais alternativas!

Dar aulas

Ensinar música é uma opção bastante segura para quem deseja viver de tal ocupação. Existem muitas pessoas interessadas em aprender sobre um instrumento ou a teoria. Se você tiver domínio sobre esses aspectos, pode se destacar. É possível trabalhar em uma escola de música, dar aulas particulares presenciais e online, ou, até mesmo, atuar com musicalização infantil

Tocar em bandas de eventos

Se apresentar em bandas de eventos também é uma alternativa rentável. Esses grupos participam de casamentos, bailes e outras festividades, recebendo um bom valor pela performance.

Os músicos que fazem parte dessas bandas precisam de bastante conhecimento e repertório, pois as variações musicais são constantes e diferenciadas, o que exige flexibilidade e versatilidade. Além disso, é necessário ter equipamentos de qualidade, para manter um som de alto nível em qualquer ambiente.

Tocar em estabelecimentos comerciais

Essa é uma modalidade um pouco mais arriscada, mas que também oferece retorno financeiro. Assim, o empreendedorismo é importante para que você encontre os estabelecimentos certos, os melhores dias para tocar e as formas de monetizar o serviço.

É possível lucrar com a venda de discos, com um cachê pago pelo estabelecimento, com o couvert artístico, entre outras formas.

Trabalhar como compositor

A composição é uma opção viável para quem tem essa facilidade. Essa é uma função que exige bastante conhecimento, portanto, vale a pena estudar, conviver com outros profissionais e praticar muito.

O próximo passo é apresentar as suas músicas para os outros e buscar clientes, lembrando que os direitos autorais podem oferecer bons recursos.

Procure não ficar preso a um estilo. Seja um compositor eclético, porque o leque de oportunidades será maior.

Tocar em uma orquestra

Para quem gosta de música erudita, se apresentar em uma orquestra é uma ótima alternativa para a carreira. No entanto, esse não é um caminho muito simples, pois o instrumentista precisa de muita técnica e alta performance, leitura fluente em partitura e conhecimento amplo de canções clássicas. Uma faculdade na área é um diferencial relevante nesse caso.

Ser um youtuber

A divulgação é essencial para o músico. Com isso, diversas pessoas conseguem tirar uma boa fonte de renda por meio do YouTube.

Você pode usar o canal para divulgar os seus vídeos, dar aulas sobre um instrumento, teoria musical ou compartilhar conteúdos interessantes sobre o universo musical. O objetivo é se tornar conhecido e conseguir rentabilizar essa atividade.

Neste conteúdo, apresentamos algumas dicas para quem quer viver de música. Essa é uma carreira possível, desde que a dedicação e a vontade de aprender estejam presentes no seu cotidiano.

Sendo assim, é fundamental avaliar as diferentes possibilidades, a sua disciplina e o desejo de se trabalhar na área musical. Com essas informações, você pode traçar os planos para o seu futuro como um profissional experiente.

Gostou deste artigo? Então, aproveite para ler outra publicação do nosso blog que mostra as principais particularidades do mercado da música no Brasil!

Categorias

+ Sem comentários

Adicionar