Você sabe diferenciar os tipos de braço da guitarra?

Você sabe diferenciar os tipos de braço da guitarra?


Conhecer as principais características do braço da guitarra é fundamental para um músico, tanto os iniciantes como, principalmente, para os mais avançados. Afinal, esse critério pode alterar substancialmente o tipo de sonoridade emitido, bem como a forma de executar a sua técnica.

Além disso, conhecer as características desse elemento tão importante para os guitarristas também o ajudará no processo de manutenção e os cuidados que devem ser tomados com o seu instrumento.

Neste artigo, mostraremos os principais tipos de braço de guitarra e as diferenças que existem entre eles. Acompanhe!

Braço colado

O braço colado, também conhecido como SET IN é presente em quase todas as guitarras da marca Gibson e em outras que fabricam o estilo Les Paul, SG, Flying V, Explorer etc. Essa característica permite que esses equipamentos tenham uma excelente sustentação de som, permitindo que o músico explore estilos mais clássicos como o Blues, Hard Rock ou até mesmo o Rock.

Existem os braços colados chamados de Long Neck Tenon que, basicamente, têm uma junção mais longa que os braços normais, permitindo que essa sustentação da sonoridade emitida seja ainda maior e mais bela. Além disso, existem aqueles guitarristas que preferem esse tipo de braço por gerar notas mais aveludadas e encorpadas.

Apesar das características, utilizar guitarras com braço colado deve ser algo muito bem analisado, pois esse tipo de instrumento pode não ser tão interessante em alguns estilos de músicas.

Braço parafusado

Depois do tipo de braço de guitarra colado temos o parafusado, que também é chamado de Bolt On. Esse é muito comum de ser encontrado em modelos da marca Fender ou Ibanez, bem como nas que fabricam modelos parecidos, tais como a Stratocaster, Telecaster, entre outras.

O braço parafusado apresenta uma característica interessante que é o baixo custo de produção. Por esse motivo, você encontrará muitas guitarras baratas com essa característica em sua construção.

Esse tipo de braço proporciona timbres mais agudos, gerando os famosos “estalados” nas batidas da palheta contra as cordas da guitarra. A manutenção desse tipo de instrumento também é muito simples. Afinal, caso o braço apresente algum problema basta retirar os parafusos e fazer o devido reparo.

Braço inteiriço

O braço inteiriço também é chamado de Neck Thru e é muito mais utilizado em baixos que nas guitarras, entretanto, existem marcas que fabricam esse tipo de instrumento com braços inteiriços.

Eles recebem esse nome pelo fato de essa peça compor todo o instrumento, desde o seu corpo até as tarraxas. Explicando de forma mais simples, é como se fosse uma peça de madeira única com duas laterais para compor o restante da estrutura. Em alguns casos, existem guitarras que são esculpidas em uma única peça de madeira.

Essas guitarras costumam ter valores bastante elevados e são feitas, em sua grande maioria, sob encomenda para um músico específico. As características dos timbres são muito semelhante às dos braços colados e podem ser utilizadas para explorar os mesmos estilos musicais.

Escolhendo o tipo de braço de guitarra ideal

Para escolher o braço de guitarra ideal, você deve avaliar 3 critérios. A sonoridade, o tipo de guitarra e o preço. Os instrumentos que têm braços inteiriços costumam ser mais valorizados que os colados e parafusados. Por outro lado, quem prefere sons mais puxados para o médio grave vai preferir esse último. Os colados ou inteiriços são para aqueles que preferem sonoridades mais graves.

Como você pôde perceber, o tipo de braço de guitarra vai variar de acordo com a sonoridade ou timbre que pretende extrair do seu instrumento. Portanto, essa escolha precisa ser feita com base em muita análise e cuidado, lembrando de que essa característica dos braços não pode ser alterada em um instrumento.

Se você gostou dessas informações e quer ficar de olho nas novas dicas que publicaremos a partir de agora, siga nossos perfis nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, YouTube.

Categorias

+ Sem comentários

Adicionar