7 acordes básicos para aprender no violão

7 acordes básicos para aprender no violão


O violão é um dos instrumentos mais conhecidos em todo o mundo seja por pessoas do meio artístico ou até mesmo por aquelas que apenas apreciam a música.

Apesar da sua grande popularidade, o violão exige um bom desempenho daqueles que desejam aprender a tocá-lo.

No entanto, existem alguns acordes que são considerados ótimos para aqueles que ainda estão na fase de aprendizado básico, ou seja, os iniciantes.

Para quem ainda está com dificuldades de começar a tocar um violão, não se preocupe, separamos 7 acordes básicos para aprendizes deste instrumento.

O que são os acordes?

Antes de saber quais são os acordes básicos para tocar no violão, é muito importante conhecer um pouco mais sobre eles.

Para quem ainda não sabe, os acordes são as posições em que os dedos da mão que apóia o braço do violão devem ficar para tocar as notas da música.

Existem formas de criar acordes sem o uso da mão que pressiona as cordas, ou seja, apenas com aquela que bate no instrumento.

Com isso, sabemos que para formar um acorde é preciso que pelo menos três notas sejam tocadas simultaneamente, apesar de ser possível realizar o processo usando apenas dois ou até um dedo.

O conhecimento de cifras pode ajudar bastante no momento de entender como os acordes funcionam e as formas de tocá-los.

No entanto, quem ainda não estudou sobre cifras também pode tocar violão, apesar de encontrar algumas dificuldades no caminho.

  • Mi Menor (Em)

Esse é um dos acordes mais fáceis para se tocar em um violão, além de ser um dos principais no momento de desenvolver o conhecimento no instrumento.

O acorde Mi Menor é tocado com o auxilio de apenas dois dedos e é possível utilizar todas as cordas para realizar a sua batida.

Por conta dos poucos movimentos que esse acorde é considerado um dos mais fáceis para se aprender.

violão

  • Lá Maior (A)

O Lá Maior também é muito fácil de aprender, além de não apresentar dificuldade para ser montado, já que necessita apenas colocar um dedo abaixo do outro a partir da quarta casa.

Com poucos movimentos, você conseguirá realizar a montagem do acorde sem grandes dificuldades.

violão

  • Ré Maior (D)

Esse acorde é muito fácil de realizar e por conta do seu som mais compacto, ele também é um dos principais a ser utilizado na criação de músicas no estilo pop rock.

Com apenas três dedos, você conseguirá realizar um som de base que poderá ser usado nos mais diferentes estilos musicais.

violão

  • Mi Maior (E)

Esse acorde é muito parecido com o Lá Maior, já que assim como o anterior, o Mi Maior necessita apenas de três dedos para emitir o seu som.

Com o dedo um na primeira casa e os outros dois na segunda, você conseguirá realizar esse acorde de forma muito simples.

violão

  • La Menor (Am)

Esse pode ser considerado um dos acordes mais fáceis do violão e ele também é muito parecido com o Lá Maior, do qual já mostramos aqui.

Com o auxilio de três dedos, você posiciona o dedo um na primeira casa e o dedo dois e o três na segunda casa.

violão

  • Dó Maior (C)

Assim como os anteriores, para realizar o som do Dó Maior é preciso apenas do uso de três dedos no braço do violão.

Como se formasse uma escada, apóie o dedo um na primeira casa, o dedo dois na segunda e o dedo três na terceira.

Com a mão livre, bata em todas as cordas de forma firme, á fim de emitir o som de todas as notas do instrumento.

  • Sol Maior (G)

Este pode ser um dos acordes mais difíceis da nossa lista, mas apesar disso, ele ainda é considerado um dos mais básicos a se aprender no início.

Com o auxilio de três dedos da mão que apóia o braço do violão, você conseguirá emitir o som do Sol Maior posicionando cada um deles nas cordas corretas.

Como praticar os acordes básicos?

Após aprender todos esses acordes e treinar os movimentos para realizar o som de cada um deles, o próximo passo é conhecer as formas de utilizá-los.

Após praticar todos os acordes básicos, comece a aumentar o grau de dificuldade das notas e com isso, passe a tentar tocar músicas, mesmo que apenas algumas estrofes delas.

Uma boa dica para quem deseja desenvolver suas técnicas para realizar os acordes, é prestar a atenção na postura do seu corpo no momento de tocar (mãos, braços, dedos, etc).

Se você ainda não está seguro de tocar os acordes, posicione a mão alguns centímetros do braço, mas não pressione as cordas.

Quando conseguir fazer a posição dos dedos corretamente, encoste-os nas cordas e toque as notas.

Caso saia errado, não tente corrigir de primeira, antes busque saber onde foi que errou e refaça o exercício, após realizá-lo, volte a pressionar as cordas, até que os acordes sejam tocados corretamente.

Tipos de violão

No mercado existem os mais variados tipos de violões, sendo que cada um deles possui as suas próprias características, sendo elas de som, cordas e estética.

Além disso, cada um desses violões é indicado para certos tipos de estilos musicais, sendo escolhidos a partir do tipo de música que cada um dos artistas toca.

  • Violão clássico: esse é um dos modelos mais tradicionais dentre os músicos e possuir seis cordas.

O violão clássico é muito indicado para iniciantes, já que são pessoas que costumam tocar todo tipo de música.

  • Violão folk: sua principal característica é o seu corpo mais “acinturado”. A maioria dos seus modelos conta com cordas de aço, mas também é possível encontrar aqueles que sejam com cordas de nylon.

Esse tipo de violão é mais indicado para quem gosta de tocar gêneros como o pop e o rock.

  • Violão jumbo: como o próprio nome diz, esse tipo de violão possui um corpo um pouco mais largo e arredondado do que os anteriores.

Por conta das suas notas mais graves, o jumbo é mais usado para tocar músicas como country e blues.

  • Violão flat: a caixa acústica desse tipo de violão é mais fina do que os outros modelos, sendo esse o motivo do seu nome.

O flat é utilizado por artistas que preferem o som ao vivo do violão.

 

2 Comentários

Adicionar

+ Deixe um comentário