System of Down: o real significado de “Chop Suey!” que quase fez a música ser barrada

System of Down: o real significado de “Chop Suey!” que quase fez a música ser barrada


Em 13 de agosto de 2001, o já famoso System of Down lançava a música Chop Suey!, da qual viria a fazer parte do segundo álbum da banda: Toxicity.

No entanto, apesar de a Chop Suey! ter trago uma grande popularidade para a banda, muitas pessoas não se sentiram nada confortável com ela e com sua letra, o que quase levou á música ser barrada no sistema de rádio dos Estados Unidos.

Isso tudo porque pouco tempo depois do lançamento da música, ocorreu o ataque ás torres gêmeas em 11 de setembro de 2001 e pelo fato de a letra da Chop Suey! falar sobre suicídio e o fato de que a pessoa retratada nela esconde as cicatrizes de ter tentando tirar a própria vida, o governo baniu a música de todas as rádios americanas.

Em 11 de setembro daquele mesmo ano, pouco tempo depois de o governo anunciar que o disco estava banido, o álbum Toxicity se tornou o número um no país.

A banda esclarece Chop Suey! para a mídia

Em uma entrevista para Kerrang!, o baixista Shavo recordou deste dia.

“Nosso disco foi banido no dia 11 de setembro porque tínhamos músicas como “Chop Suey!” falando sobre um “suicídio justo”, então, Toxicity se tornou o álbum número um do país.

Eu descobri no próprio 11 de setembro. Lembro da minha mãe telefonando e me dizendo para ligar a TV e, assim que liguei, uma das Torres Gêmeas desabou ao vivo.

Eu não sabia o que estava acontecendo, se era real ou não. Enquanto estava vendo horririzado o telefone tocou, era o meu empresário, e ele disse: “Parabéns, você é o número um na Billboard”, ao mesmo tempo, minha mãe estava dizendo que o mundo iria acabar. Louco! Eu só tenho arrepios ao falar sobre isso.”

Apesar de não ser a primeira banda de rock a lançar um single que retrate o suicídio, Chop Suey! do System of Down acabou chamando muito a atenção da critica americana, sendo um alvo para ela.

Em julho de 2018, o guitarrista da banda, Daron Malakian, deu uma entrevista ao portal Loudwire e relembrou o acontecimento.

“Tínhamos músicas no álbum como “Jet Pilot” (em tradução significa “piloto de jato”), uma letra que falava sobre um “suicídio justo” (em Chop Suey!) e outra sobre “Antenas no céu” (em Aerials), então acho que os fãs na época pensaram que tínhamos previsto o que iria acontecer.

Foi exatamente isso. Acho que os Beatles tiram fãs que olhariam para as letras de forma profunda, como se aqueles caras fossem profetas ou algo do tipo. Foi uma loucura como as pessoas levaram isso a sério.

Mas nós escrevemos aquelas letras muito antes de qualquer acontecimento com as Torres Gêmeas.”

Chop Suey!

História da Chop Suey!

Chop Suey! foi escrita pelo baixista da banda, Shavo Odadjian que afirmou que á principio, a música se chamaria “Suicidal”, mas que logo o grupo decidiu trocá-lo por ser considerada forte demais.

Após essa mudança surgiu o nome Chop Suey! que em tradução significa algo como “suicídio justo”.

Logo após o lançamento da música, o baixista afirmou que cresceu com sua avó que veio á falecer quando ele ainda era adolescente, muitas pessoas especulam que esse acontecimento e as tentativas de suicídio de Shavo que vieram logo depois o inspiraram a escrever a letra.

Um trecho de Chop Suey! Diz: “Pai, em tuas mãos, por que me abandonaste? / Em teus olhos me abandaste / Em teus pensamentos me abandonaste / Em teu coração me abandonaste / Oh, confia em meu suicídio egoísta / Eu choro quando anjos merecem morrer”

Por conta deste trecho, muitas pessoas vêem a música como uma busca para uma explicação divina, da qual não é encontrada, o que leva á pessoa retratada na canção não entender a situação que está passando.

Apesar das especulações de muitas pessoas, Shavo desmentiu todas elas em uma entrevista para o Ultimate Guitar: “a música era intitulada apenas como “Suicide”, é por conta disso que no inicio da canção você ouve “roll suicide”. Sempre se chamou assim, nunca “Chop Suey!”.

“Chop Suey!” é “Suicide” cortado (chopped) ao meio. Rolaram algumas conversas sobre isso e nós tínhamos que escolher nossas batalhas, não dava para lutar contra tudo. Então, fomos espertos e fizemos algo legal em torno disso.”

Shavo ainda disse que a história desta música é bem mais “sem graça” do que muitos imaginam.

“Não foi como se tivéssemos dado o titulo após uma história real por trás dela”, concluiu o baixista do SOAD.

Fase dourada do System Of Down

Entre os anos de 2001 e 2004, o System of Down viveu o que é chamado de “fase dourada”.

Ou seja, o período onde a banda apresenta seus melhores anos de carreira, com singles conhecidos em muitos países e diversos prêmios.

A estréia do Toxicity em primeiro lugar na Billboard foi o pontapé inicial para a ascensão da SOAD.

No mesmo ano a banda entrou em uma turnê intitulada como “ Piedge of Alligeance” , em parceria com o Slipknot, Rammstein, Mudvayne, American Head Charge e No One.

A turnê foi lançada justamente para promover o álbum Toxicity. Em um dos shows, os vídeos de “Chop Suey!”, “Prison Song” e “Bounce” foram gravados.

Com isso, as músicas entraram no novo DVD da banda do qual apresentava uma edição especial com a capa azul, enquanto outra versão, com a capa vermelha, foi lançada logo após contendo os bastidores da gravação do disco.

As novas versões venderam mais de 12 milhões de cópias no mundo todo!

Mesmo com toda a polêmica ao redor de Chop Suey!, o disco da banda foi indicado ao Grammy, que é a premiação de música mais prestigiada da história!

Em 2002, a Chop Suey! foi tocada no prêmio Video Music Awards Latinoamerica (VMA) da MTV e isso trouxe ainda mais visibilidade para a música.

A banda decidiu lançar um novo álbum no ano de 2004, no entanto, acabaram desistindo de fazer o lançamento naquele ano, o que encerrou a fase dourada do System of Down.

Mesmo 19 anos após o seu lançamento e ser banida das rádios dos Estados Unidos, Chop Suey! ainda é a faixa de maior sucesso da história do System of Down.

+ Sem comentários

Adicionar