Entenda o que é harmonia, melodia e ritmo

Entenda o que é harmonia, melodia e ritmo


É muito comum que alguns músicos acabem se confundindo no momento de definir o que é e o que representa a harmonia, melodia e ritmo.

Apesar do fato de que esses elementos, quando juntos, induzirem algo muito parecido, cada um deles possuem as suas diferenças.

Se você, assim como muitos, também tem dúvidas sobre esse tipo de assunto, não se preocupe.

Criamos um post completo com tudo o que precisa saber sobre harmonia, melodia e ritmo.

O que é harmonia?

Como o próprio nome já diz, a harmonia está relacionada à arte de combinar os sons, de fazer com que diferentes sons soem em “harmonia” entre si.

Musicalmente falando, a harmonia é o estudo dessa combinação de sons e a relação dos intervalos que existe entre eles.

Portanto, dependendo de como você mistura cada uma das notas musicais, a sonoridade dessa combinação pode expressar sensações e emoções subjetivas como felicidade, tristeza, medo, etc.

Por exemplo: um acorde maior é considerado alegre e um acorde menor, é considerado triste.

Na prática, quando falamos da harmonia de uma música, nos referimos ao universo de acordes que estão sendo formados para conduzir a canção.

Veja um exemplo abaixo:

No trecho dessa música, quando nos referimos à harmonia, estamos falando das cifras que representam os acordes executados durante todos os outros versos.

O estudo da harmonia é muito importante para você aprender como montar os acordes, como combiná-los durante o acompanhamento e principalmente como usá-los para transmitir suas idéias e emoções.

Por esta razão, a harmonia se torna um dos principais responsáveis por despertar emoções no ouvinte.

As músicas usadas em filmes de suspense, que te prendem na tela, ou aquela moda de viola, que traz lembranças de uma época específica da sua vida, fazem isso por conta da harmonia.

Esse é o pilar principal para compor a base de uma música e, dessa forma, possibilita ao músico variar entre diferentes sonoridades.

Uma música pode soar mais triste e melancólica ou alegre e tranqüilizante graças à combinação dos acordes presentes na música.

Em resumo, a harmonia se baseia em notas que são tocadas ao mesmo tempo e o comportamento dessa interação.

O que é a melodia?

Em suas origens, a palavra melodia vem do grego “meloidia”, que quer dizer “canto (em grupo, coral)”.

Trata-se da junção dos melos (canção) e oidé (poema feito para ser cantado).

A melodia é o componente mais memorável de uma música. Esse é o som que você cantarola ou assobia quando se lembra de uma canção.

De uma forma bem resumida, a melodia é considerada a essência de uma música.

Existem instrumentos específicos para que uma melodia seja feita, que também são chamados de “instrumentos melódicos”.

A gaita, o saxofone, a flauta – instrumentos de sopro, em geral – são exemplos de instrumentos melódicos.

No campo da teoria musica, a melodia é a sequência de notas sem sair do tom e obedecendo a escala. Por exemplo, se a canção está na tonalidade de Sol maior, a melodia vai ter como base as notas da escala de Sol maior.

Além disso, as notas que constroem a melodia precisa de duração, pausa e ritmo.

O que é ritmo?

Agora que você já sabe o que é o conceito de harmonia e melodia, fica mais fácil compreender o terceiro elemento: o ritmo.

A música é uma arte que acontece no tempo. Assim como um pintor possui sua tela, o músico tem o compasso, do qual irá determinar o tamanho de tempo para os sons acontecerem.

O ritmo é a organização de cada som ao longo do tempo, isto é, ele determina a sucessão de tempos dentro de uma música, seqüenciando os sons temporalmente e possibilitando o progresso da harmonia, melodia e de todos os outros elementos percussivos.

Ou seja, o ritmo nos diz a ordem e em quais momentos cada som deve ser tocado, de acordo com a marcação do tempo (pulsos) e o andamento que o ritmo determina dentro de cada música.

Além disso, ele também transmite sensações e intenções para uma música como deixar ela mais agitada, mais lenta ou mais dançante.

O ritmo está ligado não apenas à música, mas também a outras expressões artísticas, como a poesia e a literatura.

+ Sem comentários

Adicionar