Qual a diferença entre piano e teclado?

Qual a diferença entre piano e teclado?


É muito comum que as pessoas acabem se confundindo no momento de diferenciar pianos e teclados, justamente pelo fato de os dois instrumentos terem muitas características parecidas.

Entretanto, esses dois objetos possuem diversas diferenças, principalmente para quem está tocando.

Além disso, cada um deles tem o seu estilo musical para ser tocado com mais beleza e singularidade.

Para te ajudar a descobrir quais são as diferenças entre piano e teclado, preparamos um post com todas as discrições sobre esses instrumentos que você precisa saber!

pianos e teclados

Quais são as principais diferenças entre o pianos e teclados?

O primeiro passo para conhecer cada um desses instrumentos é saber quais são as principais diferenças entre eles.

Elas são:

  • O piano é um instrumento em que cada pressão de dedo sobre as teclas faz com que um mecanismo de cordas seja ativado, ou seja, se trata de um objeto mecânico.
  • Já o teclado pode ser tocado de diversas formas, onde cada uma de suas teclas simule um som específico, de acordo com o efeito que foi escolhido no instrumento.
  • O teclado possui uma qualidade de som muito maior do que os pianos, já que se trata de um instrumento eletrônico.
  • Os pianos possuem uma vida útil muito maior do que os teclados e podem ser restaurados com o passar do tempo. Apesar de ter um custo alto para ser mantido, ele pode ser passado por várias gerações.
  • Os teclados permitem que você grave sons em sua memória. Portanto, se você criou uma melodia que deseja usar futuramente ou que quer guardar, basta salvar que o instrumento a manterá.
  • Os pianos permitem que os músicos exercitem mais a sua coordenação motora, tanto das mão, quanto dos pés, já que conta com pedais que precisam ser usados harmonicamente com a música.

O que quer dizer então que o teclado é um equipamento eletrônico.

Além disso, também é possível ver as diferenças dos instrumentos em suas teclas, já que as do teclado são mais leves, enquanto as do piano exigem um pouco mais de agilidade e força nos dedos para que as notas saiam completas.

Duas outras diferenças entre piano e teclado são o tamanho dos instrumentos e o valor que eles são comercializados.

O piano é mais encorpado e conta com um diâmetro maior e necessita de ser instalado em um local bem espaçoso, enquanto o teclado, por sua vez, é mais compacto e facilmente usado em qualquer tipo de canto do cômodo.

Qual deles é mais fácil de aprender?

A facilidade para tocar cada um dos instrumentos é muito relativa, já que isso vai variar de cada músico.

Se a questão for a rapidez no momento de aprender algum tipo de instrumento, o mais indicado seria o teclado.

Isso porque ele possibilita que você utilize vários timbres e sons, dos quais ajudam a completar a música ou a melodia que deseja usar.

No entanto, é preciso ter em mente que o teclado é “mais fácil” se você considerar apenas que saberá como reproduzir sons e não as formas de usufruir de todas as funcionalidades do instrumento.

Antes de escolher qual instrumento aprender, também é muito importante levar em consideração todos os modelos e tipos existentes de pianos e teclados, pois isso também fará diferença para quem é iniciante.

O ideal seria se você experimentasse ambos os instrumentos, para que assim tenha mais idéia de como se sai tocando cada um deles.

Tipos de pianos e teclados

Como foi abordado no tópico anterior, existem diferentes tipos de pianos e teclados no mercado.

Piano:

  • Piano de cauda: possui armação e cordas colocadas horizontalmente e necessita de um grande espaço para ser colocado, pois seu corpo é bastante volumoso.
  • Piano vertical: sua armação e cordas são colocadas verticalmente e a sua estrutura pode ser feita de metal ou madeira.
  • Piano Digital: muito parecido com o teclado, o piano digital guarda sons em sua memória e também possui funcionalidades para alterar os tons e adicionar á melodia.

Teclado:

  • Arranjador: possuem ritmos e timbres variados, com diferentes tipos de acompanhamentos como: pop, jazz, balada, samba, dance e muitos outros.
  • Sintetizador: sua principal função é produzir sons de forma artificial, usando diferentes tipos de técnicas.

O instrumento cria sons através da manipulação direta que ficam salvas na sua memória e é capaz de criar diferentes tipos de combinações de métodos.

  • Workstation: possui diversos timbres e ferramentas que podem ser usadas para construir performances profissionais.

Esse é o modelo mais caro dentre os outros, mas é muito mais completo e tem como finalidade o uso profissional de músicos e produtores antigos no mercado.

  • Controlador: esse tipo de teclado permite que suas informaçõe sejam trocadas e passadas para computadores com o auxilio de cabos.

Para que tipo de músico cada um dos instrumentos é indicado?

O teclado, ao contrário do piano, é um instrumento portátil e é responsável por trazer mais praticidade para os músicos.

Como já foi dito anteriormente, apesar de possuírem aparência e origem próximas, cada um deles possui a sua especificidade.

Na prática, o piano exige mais habilidades motoras do que o teclado, pois além de ser necessário o uso de ambas as mãos, é preciso manter o controle dos pedais com os pés, de forma coordenada.

Já no caso do teclado, apesar de ser um pouco mais fácil de aprender do que o piano, ele possuir diversas funcionalidades, o que o torna mais complicado no momento de saber quais botões e funções usar durante a música.

O piano é um instrumento com som e estrutura mais clássica, enquanto o teclado traz infinitos acompanhamentos eletrônicos que podem ser combinados com ele.

+ Sem comentários

Adicionar