O puro-sangue

O puro-sangue


Em plena era digital, a Korg volta seus olhares para instrumentos analógicos e relança o ARP ODYSSEY, disponibilizado em primeira-mão e com exclusividade para os testes de Teclas & Afins

A Korg vem investindo em instrumentos analógicos. Assim a marca fez com o MS20 Mini, os Monotrons, os Volcas. Agora, relança o ARP ODYSSEY. Bingo! É um mercado promissor. Além da atual tendência vintage que está durando – e crescendo -, tais lançamentos proporcionam maior visibilidade e mais credibilidade no mercado musical.

O ODYSSEY é um relançamento. Originalmente, não foi um projeto da Korg. O sintetizador foi fabricado pela empresa americana ARP de 1972 até 1981. Durante essa década, foram lançadas três versões, basicamente do mesmo teclado com versões diferentes de filtros. Técnicos da Korg e da ARP trabalharam em conjunto para recriar o ODDYSEY. Ao projeto original foram acrescentadas entrada MIDI, porta USB-MIDI e saída de fones com regulagem de volume. A saída de áudio XLR – que não era balanceada, portanto suscetível a ruídos – foi substituída por uma balanceada. Entre os vários modelos lançados originalmente, que diferiam de acordo com a data de produção, o novo
KORG ARP Odyssey traz o design do Rev3, com painel preto e legendas em laranja.

Quer conhecer mais sobre o novo KORG ARP ODYSSEY? Assista ao vídeo-teste realizado por Cristiano Ribeiro e acesse www.teclaseafins.com.br.

 

Categorias

+ Sem comentários

Adicionar