O novo Hammond

O novo Hammond


1502 02 new b3 1Esquecido nos anos 1980 e ressuscitado nos anos 1990 pela Suzuki, ressurgindo em grande estilo nos anos 2000, o “New B-3” trouxe uma versão moderna do Hammond, decretando vida eterna ao rei dos órgãos eletrônicos

Após a morte de Laurens Hammond, em 1973, a empresa fundada por ele se esforçou para sobreviver. Um ano antes,
Ikutaro Kakehashi, então presidente da Roland Corporation, não aceitou a proposta de compra da Hammond, alegando falta de praticidade na mudança da fábrica de Chicago para o Japão e vislumbrando como um sério problema a diminuição das vendas dos órgãos na época. Em 1985, a empresa cessou as vendas, ficando  disponível apenas como serviço de manutenção com o nome de “The Organ Service Company”. Em 1986, a marca Hammond e seus direitos foram adquiridos pela Hammond Organ Australia. Três anos mais tarde, a Suzuki Musical Instrument Corporation comprou o direito do nome (a marca Leslie também foi adquirida por ela) e a empresa passou a chamar Hammond-Suzuki, produzindo seus próprios modelos de órgãos portáteis, como o XB-2, o XB-3 e o XB-5.

New B-3

O “New B-3” foi lançado pela Hammond-Suzuki em 2002. A proposta de recriar o som do instrumento eletromecânico clássico, usando os recursos eletrônicos atuais e um simulador digital de tonewheel, foi levada a sério em seus mínimos detalhes. No design e no layout, o novo instrumento é uma réplica do antigo, e os críticos dizem que é difícil distinguir entre a sonoridade do B-3 mk2 e a do B-3 original.

XK-3

XK-3

O XK-3, por sua vez, é uma versão portátil, com um só teclado, do “New B-3”. É parte de um sistema modular que permite acoplar um teclado inferior e uma pedaleira. A linha SK inclui alguns outros timbres, além do clonewheel, como Grand Piano, Rhodes, Wurlitzer, Hohner Clavinet e samples de sopros e metais.

O modelo XK- 1C, lançado em 2014, é uma versão do SK1, mas somente com a emulação de órgão, um Hammond com preço mais acessível.

Pureza do som original
O “New B-3” possui um novo gerador digital de tonewheel que gera tons puros, sem harmônicos. Essa pureza é essencial para alcançar uma coesão tonal entre a fundamental e seus harmônicos quando eles são misturados por meio dos drawbars. Quando uma tecla é pressionada, ela fecha dez pequenos contatos elétricos, conectados ao gerador digital de tonewheel assim como aos drawbars. As posições dos drawbars determinam as intensidades das correntes elétricas individuais correspondentes à fundamental e seus harmônicos. A mixagem dessas nove correntes elétricas é enviada para a caixa Leslie, onde é amplificada. O pedal de volume varia a intensidade dessa mixagem antes de chegar aos falantes.

Ruídos do som original
Uma das marcas do timbre do órgão Hammond é o ruído mecânico das nove agulhas dos tonewheels que surge  quando as teclas são pressionadas. O “New B-3” faz isso disparando cada tonewheel com uma diferença de tempo bem sutil, criando um key-click natural. Foram gastos sete anos para desenvolver o sistema de teclado multicontato que existia no B-3 original. Além disso, o modelo faz a emulação do leakage (vazamento do som de um tonewheel para outro que está próximo, algo que também foi considerado um erro por Laures Hammond, mas que, junto do
key-click, se tornou marca do timbre do órgão) e do ruído do motor interno que existia no B-3 original.

Percussivos sensíveis à velocidade de toque no teclado
Uma variedade de sons percussivos, como harpa, carrilhão, sinos, celesta, xilofone, marimba e outros, podem ser usados na melodia, variando seu volume de acordo com a força que se toca as teclas.

Acesso a mais ajustes e recursos
Funções avançadas do órgão, como “drawbar voice mode”, “pedal sustain length”, são acessadas usando o “Information Center”, localizado no lado direito, embaixo do teclado inferior.  Outros ajustes, como volume geral, equalizador, efeitos etc, podem ser controlados pelo “Rotary Control Panel” localizado no lado esquerdo, embaixo dos teclados

MIDI
O “New B-3” vem com protocolo MIDI para ser usado através de sua conexão MIDI OUT (ele não tem MIDI IN e MIDI THRU, mas tem MIDI Pedal IN).

novo 1502 01 comparação B3 e New B3

Categorias

+ Sem comentários

Adicionar