Quer melhorar a improvisação musical? Separamos 4 dicas incríveis

Quer melhorar a improvisação musical? Separamos 4 dicas incríveis


A improvisação musical é a arte essencial do músico criador. Por meio dela, não se reproduz simplesmente melodias e solos pré-existentes, e sim surgem composições na hora, inventa-se e registra ao mesmo tempo!

Não pense, porém, que não é preciso se preparar para improvisar! Pelo contrário, essa arte exige muito treino e estudo.

Neste post, trazemos 4 dicas importantes para você trabalhar melhor a sua improvisação. Acompanhe!

1. Pratique a harmonia

As escalas harmônicas enriquecem a música, ou seja, são essenciais na improvisação. Quando se toca notas de uma mesma harmonia ao longo do improviso, as chances são muito maiores de que tudo soe bem.

Por isso, estude os campos harmônicos e pratique-os bastante, para manter-se fiel na hora de improvisar. Ainda, não apenas decore harmonias: brinque com elas, veja como mudar de um campo harmônico para outro ao longo da música, de forma que soe natural. Uma melodia se torna muito mais interessante quando pega o ouvinte de surpresa e o mantém atento.

2. Treine o ouvido

Não dá para improvisar e “tocar de ouvido” sem ter desenvolvido uma audição apurada. Logo, treine bastante!

O recomendável é começar ouvindo atenciosamente músicas que você conheça bem — de preferência mais lentas — e prestar atenção nas dinâmicas, no uso dos instrumentos, na aceleração e desaceleração etc.

Ainda, ouça outras versões da mesma música tocada por outros instrumentistas, comparando-as entre si. Um bom exercício é também ouvir uma mesma canção adaptada para outros estilos — ouça como um músico de forró adapta uma canção de rock ou um metaleiro se apropria de uma peça da música clássica.

3. Estude teoria musical

Embora a improvisação musical seja muito sobre “se libertar da teoria”, fica difícil se desvencilhar de algo sem ao menos conhecer. Sendo assim, estude sobre escalas, acordes, arpejos e tudo mais que conseguir encontrar.

Há várias apostilas disponíveis para se estudar teoria musical, inclusive, opções para aprender online. Lógico que leva tempo e exige bastante dedicação, mas, uma vez dominados os conceitos teóricos, você se sentirá muito mais confortável para não apenas usá-los a seu favor na improvisação, como também para desconstruí-los do jeito que quiser.

4. Aplique frases prontas

Quando se é iniciante na improvisação, é importante ter frases musicais prontas para aplicar a qualquer momento. Logo, quanto maior o repertório memorizado, melhor! Para tanto, comece decorando frases de outros músicos, com as quais você se sinta mais à vontade. Após decorá-las, engate trechos diferentes uns nos outros.

O próximo passo é adaptar as frases ao seu gosto e sentimentos: acrescente ou tire notas, mude a tonalidade. Quando você conseguir fazer isso livremente, estará pronto para improvisar frases próprias!

Por fim, caso queira uma improvisação musical junto a outras pessoas, é importante todos compartilharem seus repertórios, para que o grupo consiga “brincar” junto caso alguém comece a tocar uma frase conhecida.

Dominar a improvisação ajuda muito na composição de músicas e na profissionalização musical. Se você quiser aprender mais, assine nossa newsletter e acompanhe todos os conteúdos!

Categorias

+ Sem comentários

Adicionar