Como limpar um violão – guia rápido e essencial

Como limpar um violão – guia rápido e essencial


Limpar um violão é muito importante para garantir a longa vida útil do instrumento e ainda mantê-lo bem afinado.

O ideal é que essa limpeza seja feita periodicamente, para que você tenha uma freqüência no processo.

As cordas são os principais itens que devem ser higienizados, uma vez que elas acumulam uma grande quantidade de poeira e resíduos durante o tempo, principalmente se o violão é mantido fora do case.

Para te ajudar com isso, preparamos um passo a passo para você poder limpar um violão.

Use pano seco em todas as cordas

O primeiro passo é passar um pano seco e limpo em toda a extensão das cordas, para que toda a poeira presa nelas seja retirada.

Para realizar este processo encaixe a flanela embaixo das cordas e envolva a parte de cima também.

Depois passe o pane em todo o braço, para remover a sujeira que fica nele com o passar do tempo.

Conte com auxílio de um pincel ou uma escova de dentes macia

Existe algumas áreas difíceis de serem alcançadas com o uso de pano, então conte com um pincel ou uma escova de dentes com cerdas macias para limpar esses locais.

Esse cuidado é fundamental para evitar que muitos resíduos sejam acumulados em áreas delicadas do seu instrumento, o que pode causar prejuízos para você.

Use produtos próprios

Existem produtos que são feitos para limpar um violão e eles precisam ser valorizados e utilizados neste momento.

Conheça algumas dessas opções:

Líquidos de limpeza

Os líquidos de limpeza de violão ajudam a remover sujeiras mais superficiais, mas que não podem ser eliminadas apenas com um pano seco.

Pasta de polimento

Já a pasta de polimento é uma opção para quem deseja deixar a madeira do violão com uma aparência mais intensa e brilhosa, como se fosse novo.

No entanto, ela deve ser utilizada em áreas com rachaduras ou em madeira crua, pois pode deixar marcas esbranquiçadas.

Limpador de cordas e lubrificante

O limpador de cordas com efeito lubrificante pode ser bom para prolongar a vida útil delas, além de preservar as escalas do instrumento.

Ela geralmente possui uma aplicação bastante simples, mas também é importante evitar o excesso, pois pode trazer alguns danos para o seu violão.

+ Sem comentários

Adicionar