20 viradas de bateria para iniciantes

20 viradas de bateria para iniciantes


Assim como os músicos profissionais, os iniciantes também precisam aprender como realizar as viradas de bateria durante uma apresentação.

No entanto, a grande maioria das pessoas que ainda está aprendendo acaba tendo grandes dificuldades neste tipo de movimento.

Isso porque além dos tons e notas, o músico precisa ter bastante desenvoltura e coordenação para tocar esse instrumento de forma correta e com uma bela melodia.

Pensando em todas as pessoas que têm dúvidas sobre esse tipo de técnica, preparamos um post com todas as dicas para aprender 20 viradas de bateria para iniciantes.

O que são as viradas de bateria?

As viradas de bateria têm um papel fundamental para que o músico consiga alcançar uma boa musicalidade.

Elas funcionam como uma espécie de ponte (ou transição) e são marcadas pela mudança feita nos sons da bateria.

Esse seria o caso de passar da caixa de bumbo para um tom completamente diferente nos pratos, por exemplo.

Apesar de serem técnicas muito comuns para quem toca bateria, as viradas são um dos maiores desafios que um iniciante pode encontrar no momento de aprender a manusear o instrumento.

No entanto, é preciso que o músico tenha em mente que nunca pode desistir de seus objetivos, pois apesar de serem difícil no início, todos tem total capacidade de entender e aprender como realizar todos os movimentos.

Como fazer os movimentos?

Antes de realizar as viradas de bateria, é muito importante saber a “receita do bolo”, ou seja, as formas como elas funcionam.

Existem três “ingredientes” principais na nossa receita. E eles são: coordenação, velocidade e partitura.

Para começar, não dá para fazer as viradas se não souber ler as partituras dos instrumentos com facilidade.

As viradas de bateria também são feitas de acordo com o metrônomo, o que ajuda a indicar o ritmo e a velocidade em que a música deve ser tocada.

As melodias mais simples são mais lentas e, por conta disso, devem ser as principais escolhas de quem está iniciando seus estudos.

Conforme as habilidades da pessoa vão aumentando, chega o momento de ampliar a dificuldade dos ritmos tocados.

20 viradas de bateria para iniciantes

Agora que você já sabe quais são os elementos principais para fazer os movimentos da bateria, já é hora de aprender as viradas do instrumento.

Na figura abaixo você pode ver a notação que será usada nas folhas de exercícios, sendo assim, ao ler as partituras, basta interpretar a posição das notas como abaixo:

Com o uso metrônomo em uma velocidade que você tenha domínio da sua coordenação, os exercícios abaixo deverão ser realizados.

Conforme você for ganhando mais experiência, é comum que os exercícios fiquem mais fáceis. O ideal é aumentar a velocidade gradativamente, quando dominar os movimentos rápidos, troque a atividade e as viradas.

Se você não conseguir arrumar um metrônomo, baixo um app do equipamento no seu celular. O efeito será o mesmo!

Com esses exercícios você será capaz de melhorar muito a sua musicalidade e coordenação, além de fazer com que a sua apresentação seja muito mais inspiradora e bonita.

Quando todas as partituras estiverem dominadas em todas as velocidades, você já poderá se considerar um músico amador, pois será capaz de fazer movimentos que nenhum iniciante conseguiria.

No entanto, lembre-se: não é possível apresentar uma boa performance em um instrumento de primeira, é preciso ter prática e muita insistência.

Mantenha a disciplina e não desista, você poderá se tornar um ótimo músico com esses exercícios!

+ Sem comentários

Adicionar