10 dicas para DJ iniciante

10 dicas para DJ iniciante


Ser um Dj iniciante requer muita disciplina e estudo antes mesmo de iniciar as aulas práticas nos equipamentos de som.

Isso porque apesar se o seu novo ambiente de trabalho ser algo bem animado é preciso ter respeito e se dedicar a todas as lições que devem ser aprendidas neste período.

É muito comum ficar perdido no início e, todos os maiores DJs que conhecemos, também passaram por isso, então não se preocupe!

Para te ajudar a não ficar totalmente perdido neste momento, preparamos 10 dicas para DJ iniciante. Confira!

  1. Saiba a importância de abrir uma pista

Você pode até achar que o dono da festa foi sacana ao te colocar para abri a pista, mas acredito, ele está te ajudando!

Sabemos que é muito mais tentador tocar quando as pessoas já estão no clima de euforia e dançando faz um tempo, porém, iniciar a festa é um desafio interessante para um DJ iniciante.

Com a pista mais vazia, você poderá aproveitar o tempo para tocar suas tracks favoritas e tentar aquela virada que você tem treinado nos últimos dias.

  1. Conheça o equipamento e saiba usá-lo

CDJ, mixer, RCA, P10, P2… Esses são apenas alguns dos equipamentos que você precisará decorar e conhecer para não deixar a desejar na hora de tocar em uma festa.

Tomo como uma das primeiras lições: estude todos eles e saiba exatamente para o que cada um deles serve.

Após isso, comece a mexer neles e aprenda corretamente como usá-los antes mesmo de ir para o seu primeiro trabalho.

Ninguém quer fazer feio no primeiro dia, não é mesmo?

  1. Algumas músicas têm o momento certo de serem tocadas

Ser DJ não é só chegar na festa, montar o equipamento e tocar qualquer playlist no aleatório, é preciso conhecer os momentos certos de cada uma das músicas.

Uma boa dica é se você for abrir a pista, evite tocar todos os hits logo de cara, fazendo isso você acabará ficando sem um bom repertório no momento em que a festa estiver no auge, tendo que recorrer ás repetições.

E vamos concordar, ninguém merece ir para uma balada que toca várias músicas repetidas.

  1. Não chegue causando

Se você vai começar a tocar daqui 30 minutos, já esteja com todos os seus equipamentos arrumados e testados, mas sem atrapalhar o DJ que está tocando.

Arrume suas coisas e volte para os bastidores, para que assim, a pessoa que está no palco termine a sua performance tranquilamente.

  1. Sempre leve os seus equipamentos

Independente da plataforma que você for utilizar para tocar, é indispensável que você tenha consigo todos os equipamentos que irá necessitar para trabalhar.

Se for possível, leve duas opções dos equipamentos e acessórios mais importantes, pois sabemos que imprevistos podem acontecer.

  1. Baixe suas músicas em alta qualidade

Você pode ter o melhor repertório do mundo, no entanto, se as suas músicas forem baixadas em péssima qualidade, o público vai sentir que falta algo.

Portanto, sempre baixe as suas playlists em 320kbps para garantir canções dignas de uma festa badalada.

  1. Busque tocar em vários lugares diferentes

Trabalhar como DJ é uma eterna busca por trabalhos freelancers. Isso porque é muito difícil um lugar contratar, de papel ou carteira assinada uma pessoa para tocar em todas as festas.

Trabalhar em mais de um local te fará ter mais experiência, principalmente se tratando público que você irá atender.

Além disso, tocar em diferentes lugares pode te dar a chance de encontrar novas oportunidades de trabalho.

  1. Bebidas e equipamentos não combinam

É muito comum que os DJs tenham uma comanda generosa para degustar das bebidas e comidas da festa.

No entanto, independente do que esteja bebendo, nunca coloque o seu copo perto do seu equipamento ou em algum lugar que possa esbarrar nele.

Derramar líquidos em uma mesa de DJ pode te trazer um prejuízo enorme, além de cortar o clima da festa.

  1. Mantenha os contatos

Nem todo mundo gosta de tocar apenas em baladas todos os finais de semana. É muito comum que alguns DJs prefiram casamentos ou festas intimas para trabalhar.

Mas, como estamos falando sobre um DJ iniciante, o que vale é experimentar um pouco de tudo ou seja, de todos os tipos de festa.

Portanto, sempre mantenha contatos para conseguir diferentes tipos de trabalhos, para que assim você encontre o que realmente gosta de fazer e o público que gosta de atender.

  1. Continue estudando

Após algum tempo, você já estará mais do que pronto para tocar em qualquer tipo de festa. No entanto, é preciso ter em mente que para ser sempre o melhor no que faz, é preciso manter os estudos.

Então, mesmo depois de se tornar um DJ consagrado na área, continue pesquisando técnicas novas para surpreender a platéia e sempre busque investir em equipamentos que serão capazes de acompanhar a sua evolução.

+ Sem comentários

Adicionar