PRÊMIO MIMO INSTRUMENTAL

PRÊMIO MIMO INSTRUMENTAL


MIMO-Olinda-2013 foto-Beto-FigueiroaSerão selecionados três solistas ou grupos vencedores, que terão como prêmio a oportunidade de se apresentar em uma das cidades em que o MIMO Festival 2015 acontecerá – Paraty, Rio de Janeiro e Olinda, dentro da programação oficial, e com todas as condições artísticas – cachê, produção, hospitalidade e publicidade

O Prêmio MIMO Instrumental é dedicado a oferecer oportunidade aos jovens talentos brasileiros da música instrumental, tanto erudita quanto popular. Podem se inscrever intérpretes solistas ou grupos de instrumentistas formados por até cinco pessoas, com trabalhos autorais ou não, nas categorias de música de câmara ou popular. A seleção será feita por uma comissão especialmente formada que levará em conta os critérios de originalidade, técnica e inovação estética. As inscrições estão abertas até o dia 20 de julho para artistas solistas ou grupos. É pré-requisito que os candidatos sejam brasileiros e que tenham até 35 anos de idade.

As inscrições podem ser feitas aqui!

Conectado aos mais importantes festivais e feiras de música internacionais, o MIMO já apresentou Nelson Freire, Philip Glass, Hamilton de Holanda, McCoy Tyner, Egberto Gismonti, Gotan Project, Antonio Meneses, Tom Zé, Buena Vista Social Club Stars, Wagner Tiso, Chucho Valdés, Duo Assad, Gonzalo Rubalcaba, Azymuth, Arnaldo Baptista, Herbie Hancock, Guinga, Madredeus, Hermeto Paschoal, Richard Galliano, Gilberto Gil, Ibrahim Maalouf, João Bosco, Tareq Al Nasser, Jards Macalé, Bassekou Kouyate, BNegão, Nouvelle Vague, Stephan Micus, Chick Corea, Sean Kuti, entre muitos outros. Além disso recebeu importantes orquestras como Petrobras Sinfônica, Sinfônica do Recife, Sinfônica Heliópolis, Sinfônica de Barra Mansa, Solistas de Câmara da República Tcheca, Orquestra de Câmara de Toulouse e os Solistas de Câmara CHAARTS (Suíça).

Em 2004, chegou à Olinda, em Pernambuco a proposta inédita de levar o melhor da música instrumental, brasileira e internacional, através de concertos gratuitos, ao interior das igrejas do Centro Histórico da cidade eleita Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco.Recebido calorosamente pelo público e pela crítica, o MIMO enriqueceu a sua programação no ano seguinte com um Festival de Cinema, apresentando filmes com a música como tema central uma Etapa Educativa. Assim, se consolidou o conceito do MIMO Festival: a junção de música, cinema, patrimônio e educação.

A consagração inicial aliada à originalidade do formato – que contempla diferentes plateias, gêneros e ritmos musicais – deu fôlego ao MIMO Festival e o fez crescer para os pátios das igrejas, teatros e praças públicas, além de se expandir para outras cidades-patrimônio: inicialmente, Recife e João Pessoa e, mais tarde, Ouro Preto, Paraty e Tiradentes.

Ao longo de onze edições consecutivas, o MIMO Festival recebeu mais de 880 mil pessoas e se tornou um movimento cultural permanente.Divulga a música plural em seus canais digitais, realiza edições do Circuito MIMO pelo Brasil e lança editais de fomento cultural, como o Prêmio MIMO Instrumental, que descobre jovens músicos de todo o País e os insere na programação oficial.

Em 2015, o MIMO amplia ainda mais o seu alcance e chega ao Rio de Janeiro, eleita em 2012 como Cidade Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco e que celebra os 450 anos de sua fundação.

PRÊMIO MIMO INSTRUMENTAL

Bem sucedido em sua primeira edição, o Prêmio MIMO Instrumental se firmou como mais uma das importantes realizações do MIMO Festival, que tem entre suas missões, revelar para um público amplo os talentos da música instrumental.

O objetivo do prêmio é valorizar jovens artistas de todo o país, incentivando a inovação nos campos da composição, técnica e estética musicais. Os solistas ou grupos selecionados terão assim a oportunidade de se apresentar na programação oficial do MIMO Festival nos cenários históricos de Paraty, Rio de Janeiro e Olinda.

Esta premiação reafirma o conceito e compromisso do MIMO Festival, que busca sempre estimular novos olhares sobre a música.

Categorias

+ Sem comentários

Adicionar