Polysom relança compacto raro de Gilberto Gil

Polysom relança compacto raro de Gilberto Gil


 

!cid_image001_jpg@01D09DE8Todo primeiro disco de um grande artista torna-se um marco em sua carreira. E não seria diferente para Gilberto Gil. Lançado em 1963, o compacto duplo “Sua Música, Sua Interpretação” (JS Discos), primeiro trabalho inteiramente seu, provava o surgimento de um dos maiores representantes da MPB. Tido como o mais raro vinil brasileiro, esse registro especialíssimo retorna esse mês às lojas através da Polysom, em conjunto com o selo Discobertas, com as artes originais.

 

São quatro faixas, todas de autoria de Gil. Ainda longe do som tropicalista, que o destacaria posteriormente, o cantor e compositor apresenta aquilo que é anunciado em sua capa: a “bossa nova” baiana. Ele traz nos dois lados músicas com melodias animadas e suingadas, casos de “Serenata de Teleco-Teco” e “Vontade de Amar”. Porém, também apresenta inspiração clara da bossa-nova, com vocais trabalhados e melodias mais elaboradas em “Maria Tristeza” e “Meu Luar, Minhas Canções”.

Categorias

+ Sem comentários

Adicionar