O que são os tons vizinhos

O que são os tons vizinhos


Você já ouviu falar nos tons vizinhos? Se sim, você conhece a sua importância na música?

Se você respondeu não para as duas perguntas anteriores ou apenas para uma, não se preocupe.

Preparamos um conteúdo completo com tudo o que você precisa saber sobre os tons vizinhos, confira!

Os tons vizinhos

Os tons vizinhos são todos aqueles que possuem uma relação mais próxima entre si, por possuírem muitas notas em comum.

Quando pensamos em escala, por exemplo, esses tons são aqueles onde várias notas se repetem, por conta disso, são chamados de vizinhos.

Essa relação que eles possuem em comum é uma ferramenta muito útil no momento de uma necessidade de modulação (mudança de tonalidade).

Existem três tipos de tons vizinhos, sendo eles classificados em:

  • Diretos;
  • Indiretos;
  • Próximos.

Falaremos de cada um deles no próximo tópico.

Conheça cada uma das classificações

Assim como existem diversos tipos de acordes, temos também ramificações de tons vizinhos.

Essa divisão é feita através de características bem específicas que cada uma dessas partes possuem.

1- Diretos

Os tons vizinhos são aqueles dos quais possuem apenas uma ou nenhuma nota fora da escala e eles podem ser analisados por meio dos graus musicais:

  • 4º e 5º grau (apenas uma nota fora da escala);
  • 6º grau (nenhuma nota fora da escala).

Quando esses graus são aplicados em alguma escala ou campo harmônico, eles representam muito bem essa característica.

2- Indiretos

Esses são os tons relativos dos vizinhos diretos, no entanto, eles possuem apenas uma nota fora da escala.

Os tons vizinhos são conhecidos como relativos dos diretos e são identificados por serem: 2º e 3º grau do campo harmônico.

Esses dois graus são os acordes menores e, se a modulação (mudança/alteração) vai de um acorde maior para um menor, portanto, não pode ser considerado direto.

3- Próximos

Os tons vizinhos próximos possuem a mesma tonalidade entre si por serem tons mais harmônicos do que os outros.

É por conta disso que eles também podem ser considerados como “tons harmônicos”, na tonalidade de lá.

Pode-se então dizer que os tons próximos são diferenciados por causa da “terça”.

Tons afastados

Os tons, quando não podem ser considerados vizinhos, eles são nomeados como “tons afastados”.

Eles são chamados dessa forma porque possuem duas ou mais notas fora da escala principal. É muito importante entender que qualquer escala muito diferente da principal é considerada um tom afastado.

+ Sem comentários

Adicionar