O que é Musicalização Infantil?

O que é Musicalização Infantil?


É muito comum que as pessoas confundam a musicalização infantil com algum tipo de atividade recreativa.

No entanto, este tipo de atividade tem como função desenvolver diversos sentidos, como: a coordenação motora, a simbologia, a compreensão de contexto, a interação, a percepção quanto a altura, o solfejo e a sensação de pulsação que a música traz.

Esta “pré-escola da música” ocorre quando realizamos um projeto de objetivos claros com um público entre três e quatorze anos de idade.

A musicalização é um conjunto de atividades que visa à sensibilização e que busca ampliar os conhecimentos musicais de uma criança.

O mais interessante é que esse tipo de ensino é promovido por atividades intuitivas das quais criam situações intelectuais favoráveis à aquisição de conhecimentos musicais.

Se você está interessado em conhecer mais sobre este tipo de modelo de ensino musical, continue nos acompanhando e saiba tudo sobre musicalização infantil.

Quais são os fundamentos musicais exercitados pela criança na musicalização infantil?

Quando uma criança inicia seus estudos na música, os primeiros passos que elas precisam dar são de conhecer e exercitar os fundamentos musicais.

Porém, existem três delas que são as mais importantes de serem adquiridas nos primeiros momentos do contato infantil com essa arte:

Ritmo

O ritmo, além dos movimentos do nosso corpo, também trabalhará a percepção sensorial motora da criança.

Melodia

A melodia ficará responsável por ser trabalhada por canções que tenham um bom vocabulário, além de ajudar a desenvolver a fala e a rapidez de raciocínio, ela também fará com que a criança evolua o seu poder de concentração.

Harmonia

Por outro lado, tocar e cantar ao mesmo tempo fará com que a criança busque a harmonização sonora, o que contribuirá para a sociabilização do grupo, graça a um interesse que é comum a todos.

Ouvir música depende dos cinco sentidos humanos, um estímulo que se dá pela incorporação dos elementos rítmicos e sonoros.

É muito importante ressaltar que explorar som, ritmo, melodia, harmonia e movimento irão significar a descoberta e a vivência da riqueza de sons e movimentos que são produzidos pelo nosso corpo.

Sons que podem ser inventados ou ainda produzidos pelo ser humano e por outros elementos da natureza, vivos ou não, também se enquadram neste grupo.

O que a escola musical pode ensinar para a criança?

Muitos pais acabam se perguntando se realmente vale a pena investir em uma escola que apresentará a musicalização infantil para a criança. E a resposta é que sim, vale o investimento!

Isso porque a escola será responsável por direcionar a criança para que ela se desenvolva em diferentes aspectos da vida, como: o senso estético, a criatividade, a coordenação motora e a lógica.

No entanto, é muito importante ter em mente de que a musicalização infantil não se propõe a ensinar o manuseio técnico de nenhum instrumento musical.

O objetivo deste tipo de ensino é criar um vínculo entre a música e acriança, além de desenvolver o gosto pela música e só assim, despertar um interesse desconhecido por algum tipo de instrumento musical ou som.

Como escolher o curso de musicalização infantil ideal?

O primeiro passo para escolher o curso ideal de musicalização infantil para o seu filho é conhecendo o currículo do docente ou da escola.

Presença em livros, academias e até mesmo realizações no campo da educação devem ser primordiais para fazer a sua escolha.

Informe-se tanto sobre a linha de trabalho, quando sobre a metodologia de ensino do local.

Deixe sempre claro os seus objetivos para com o seu filho e as metas que deseja que a escola ou o curso alcancem a curto e longo prazo.

Se tiver a possibilidade, converse com pais de outros alunos e busque conhecer os pontos positivos e os negativos da escola e do ensino, para que assim, tenha total certeza de que está fazendo a escolha correta.

Buscar esse tipo de conhecimento é muito importante, pois assim você se livrará da necessidade de trocar o seu filho de escola e também de perder dinheiro, já que este tipo de ensino não é dos mais baratos do mercado.

Teoria infantil não é musicalização

Apesar de a grande maioria de conhecimentos sobre a musicalização infantil surgir com o tempo (médio prazo), é muito importante que a escola e o educador apresentem objetivos finais com as crianças.

Mesmo que a simbologia seja parte do processo de aprendizagem, ela não é a finalidade da música.

Portanto, sempre tenha o cronograma de ensino do seu filho e estude as técnicas aprendidas em aula com a criança, garantindo que a grade curricular esteja sendo respeitada.

A criança precisa estar alfabetizada para iniciar a musicalização?

Não. Como dito anteriormente, esse tipo de ensino é indicado para crianças a partir dos seus 3 anos de idade e, geralmente, nesta fase, eles ainda não sabem ler, escrever e falam muito pouco.

Inclusive, é um fato que a música contribua com o desenvolvimento cognitivo da criança para a aprendizagem geral, incluindo a alfabetização.

Preciso exercitar a musicalização em casa com o meu filho?

Sim. É indispensável que a musicalização infantil seja estimulada em casa. Não é preciso que esse trabalho seja feito todos os dias, afinal, nem as aulas duram a semana toda.

Mas, é muito interessante que os pais pratiquem as atividades com os filhos pelo menos de uma a duas vezes na semana.

Você pode estimular o conhecimento do seu filho oferecendo ferramentas para que ele possa descobrir os seus sons.

Alguns bons exemplos são: discos, objetos sonoros, instrumentos musicais, canções e até mesmo gravuras e livros que estejam relacionados ao tema.

+ Sem comentários

Adicionar