Acordes e campos harmônicos

Acordes e campos harmônicos


Acordes

Dá-se o nome de acorde a um conjunto constituído por três ou mais sons, sem repetição, formado por terças sucessivas sobrepostas, formando intervalos de 3ª, 5ª, 7ª, 9ª etc. Da classificação desses intervalos depende a classificação de um acorde. Da classificação desses intervalos depende a classificação de um acorde. Quando o acorde se encontra nessa posição, diz-se que ele está em posição primitiva ou natural.AULA 3 - EX 01

A nota mais grave de um acorde (seja qual for a sua posição) é chamada de baixo. Quando um acorde se encontra em posição primitiva, o baixo recebe o nome de fundamental. Essa é a nota que dá origem ao acorde.

AULA 3 - EX 02

 

Quando o baixo e a fundamental são a mesma nota, diz-se que o acorde está em estado fundamental. Quando a fundamental não está no baixo, diz-se que o acorde está invertido.

Os acordes de três sons, além do estado fundamental, possuem duas inversões. Os acordes de quatro sons, além do estado fundamental, possuem três inversões.

AULA 3 - EX 03

 

Campo harmônico

Um campo harmônico é formado quando são construídos acordes sobre cada um dos graus de uma escala. Nos campos harmônicos de três sons, os acordes resultantes são chamados tríades.

AULA 3 - EX 04

Nos campos harmônicos de quatro sons, os acordes resultantes são chamados tétrades.

AULA 3 - EX 05

Cifras

O sistema de cifras, apesar de não ser universal, pretende padronizar as representações dos acordes. A cifra utilizada para determinar a nota que dá origem a um acorde segue a tabela a seguir:

AULA 3 - EX 06

 

 

Categorias

1 Comentário

Adicionar

+ Deixe um comentário