Piano vertical Fritz Dobbert FD110

PV135
R$20.097,00
R$17.900,00
À Vista
Formas de parcelamento
Disponível

Preto

Teclacenter Pergunte ao Vendedor
+
Condição do ProdutoNovo CorPreto Garantia 5 anos MarcaFritz Dobbert

O Fritz Dobbert FD110 é um piano vertical de 88 teclas, 3 pedais, 110 cm de altura e 57 cm de profundidade, estrutura de madeira de 4 colunas de pinho maciço, tábua harmônica de pinho maciço com 1,11 m2, 9 costelas ou baralhos de pinho maciço sem emendas, martelos com feltro duplo de pura lã, acabamento Alto Brilho ou Acetinado em Café Acetinado, Preto, Imbuia, Branco, Nogueira ou Personalizado. Acompanha banqueta regulável. Garantia de 5 anos. 

Tudo no FD110 é novo, mas a qualidade continua a mesma que você conhece e confia. Sonoridade encorpada, toque preciso e dimensões compactas. 

 

Principais características

  • Altura: 110 cm
  • Largura: 148 cm
  • Profundidade: 57 cm
  • Peso: 198 kg
  • Nº de Teclas: 88
  • Nº de Pedais: 3
  • Estrutura de Madeira: 4 colunas de Pinho maciço
  • Tábua Harmônica: Pinho maciço
  • Área da Tábua Harmônica: 1,11 m2
  • Costelas ou Baralhos: Pinho maciço sem emendas
  • Nº de Costelas ou Baralhos: 9
  • Comprimento do 1º Bordão: 107 cm
  • Martelos: Feltro duplo de pura lã
  • Madeira/Cor: Café Acetinado, Preto, Imbuia, Branco, Nogueira ou Personalizado
  • Acabamento: Alto Brilho ou Acetinado
  • Banqueta: Acompanha banqueta regulável
  • Garantia: 5 anos

 

PIANOS FRITZ DOBBERT

A Fritz Dobbert é a maior fábrica de pianos da América Latina, sendo reconhecida mundialmente por grandes nomes da música pela qualidade e seriedade com a qual se dedica à arte de fabricar pianos. 

Nº de Teclas: 88

Nº de Pedais: 3 (abafadores, una corda e sostenuto)

Estrutura de Madeira: 4 colunas de Pinho maciço

Tábua Harmônica: Pinho maciço

Área da Tábua Harmônica: 1,11 m2

Costelas ou Baralhos: Pinho maciço sem emendas

Nº de Costelas ou Baralhos: 9

Comprimento do 1º Bordão: 107 cm

Martelos: Feltro duplo de pura lã

Madeira/Cor: Café Acetinado, Preto, Imbuia, Branco, Nogueira ou Personalizado

Acabamento: Alto Brilho ou Acetinado

Dimensões: 57 cm (profundidade) x 148 cm (largura) x 110 cm (altura)

Peso: 198 kg

Banqueta: Acompanha banqueta regulável

Garantia: 5 anos 

Condição do Produto :
Novo
Cor:
Preto
Garantia :
5 anos
Importador:
Fritz Dobbert
Modelo:
FRITZ DOBBERT FD110 PT
Peso:
198 (kg)
Marca:
Fritz Dobbert
Dimensões
Altura:
110 (cm)
Comprimento:
57 (cm)
Largura:
148 (cm)

Nenhuma mensagem encontrada

Avalie esse produto

GARANTIA

Os 5 anos de garantia do seu piano Fritz Dobbert é a segurança que você precisa para o investimento feito num instrumento de grande complexidade.

Um violino Stradivarius possui 4 cordas que são afinadas antes de cada apresentação, enquanto que o seu piano Fritz Dobbert possui em torno de 220 cordas (o número de cordas varia de acordo com cada projeto), sendo esperado que se mantenham afinadas por um maior período de tempo sob variações de temperatura e umidade.

A garantia não cobre manutenções de rotina como a afinação, que recomendamos que seja feita pelo menos uma vez por ano, mas protege o seu piano contra defeitos de materiais e mão de obra pelo prazo de 5 anos, a contar da data da aquisição, perdendo sua validade nos pianos de segunda mão.

A longevidade de seu piano e a sua condição de desempenho estarão sempre relacionados com os cuidados que forem tomados com o instrumento.

ESTRUTURA ACÚSTICA

Tábua Harmônica

A função da tábua harmônica em um piano é amplificar as vibrações produzidas pelo movimento das cordas, formando no ar ondas sonoras de amplitude e potência muito maiores das que poderiam ser geradas apenas pelas cordas. Isto pode ser facilmente entendido se pensarmos comparativamente entre a grande área que tem a tábua harmônica em relação a todas as cordas juntas, fazendo com que a grande porção de ar que envolve as superfícies frontal e trazeira da tábua harmônica libere as poderosas ondas sonoras geradas pelo complexo movimento.

A tábua harmônica nos pianos Fritz Dobbert é fabricada de madeira maciça de pinho que, depois de cortada, é selecionada e colocada no processo de secagem natural por alguns meses até que esteja em condições de entrar para secagem em estufas automatizadas. Este processo resulta em matéria-prima estável e isenta de fungos.

Para se obter o fantástico efeito da vibração, a tábua harmônica é construída por artesãos de rara habilidade. Seu comprimento e largura dependem do modelo do piano, enquanto que a espessura varia de 6 a 8mm em média, das bordas para o centro. As tábuas são coladas lado a lado por suas bordas, sendo que os veios da madeira devem estar o mais paralelo possível à linha do cavalete principal, onde estão apoiadas as cordas.

A riqueza do som de um piano está relacionado ao efeito do coroamento, uma leve curvatura que o artesão confere à tábua harmônica no processo de montagem, fazendo com que a tábua harmônica atue como um diafragma, propagando o som produzido pelas cordas.

Para equilibrar os esforços produzidos e direcionar energia aos pontos onde a tábua harmônica é mais exigida, são coladas as costelas de madeira na parte trazeira da tábua harmônica, que nos pianos Fritz Dobbert, são fabricadas de madeira maciça de pinho, sem emendas.

Sobre a tábua harmônica são colados os cavaletes, um para apoio das cordas da região dos médios e agudos, e outro para apoio dos graves. A função dos cavaletes é transmitir as vibrações das cordas para a tábua harmônica. Os cavaletes dos pianos Fritz Dobbert são fabricados de madeira maciça de pau marfim, de grande dureza, e entalhados por artesãos altamente qualificados.

A Estrutura

A tábua harmônica é fixada em uma complexa e sólida estrutura de madeira e ferro fundido, formando um elemento coeso, estável, capaz de suportar as mais de 20 toneladas de esforços produzidos pelas cordas tensionadas, garantindo a qualidade dos sons emanados pela tábua harmônica e mantendo a afinabilidade do instrumento.

Todos os modelos de pianos Fritz Dobbert têm estrutura de madeira maciça e até os modelos verticais menores, possuem na sua estrutura as mesmas vigas de madeira encontradas nos modelos maiores.

A chapa de ferro utilizada nos pianos Fritz Dobbert são fundidas pelo tradicional método de moldagem na areia. Nesse processo, depois de desmoldada, a peça é deixada para curar até atingir um perfeito equilíbrio das suas tensões internas, vindo a contribuir para a qualidade do timbre do instrumento.

Para que as cravelhas que mantém as cordas fixadas estejam perfeitamente ancoradas à estrutura do piano, é montado na estrutura de madeira uma peça de grande importância chamada, cepo. Os pianos Fritz Dobbert têm cepo fabricado com 21 a 23 lâminas de madeira pau-marfim, onde a sobreposição das lâminas observa o sentido dos veios da madeira, para que estejam perpendiculares, primeiro na forma de cruz e depois na forma de xis, formando ângulo de 45º entre as camadas. Este conjunto de lâminas é colado com cola-resina fenólica em prensa aquecida a temperatura de 130º, com pressão uniforme de 21 kg/cm 2.

As cordas são fabricadas com fio de aço importado e os bordões usam revestimento de cobre trefilado especialmente para a fabricação de corda de piano.

Os pianos Fritz Dobbert de 1/4 de cauda e de meia cauda possuem escala duplex, um prolongamento da corda que tem a finalidade de produzir harmônicos da mesma nota, enriquecendo o som da nota tocada.

TECLADO E MECANISMO

Além de ter boa sonoridade, um bom piano tem que responder com precisão às intenções do pianista. Esta resposta é resultado da combinação perfeita dos movimentos do teclado e do mecanismo do piano e é denominada; toque ou controle.

As teclas do piano são o ponto de contato entre o pianista e o seu instrumento. Esta intimidade resultará em infinitos toques; suaves, vigorosos, longos, curtos. Seja qual for a força empregada pelos dedos do pianista, elas devem agir imediatamente, para depois, retornarem a posição de descanso.

A uniformidade do toque é de extrema importância para o pianista. O objetivo é de que o pianista tenha a mesma sensação tocando em toda a extensão do teclado, da nota mais alta a mais baixa. Para que isto ocorra, as teclas são pesadas e balanceadas individualmente, para que sejam compensadas as diferenças de peso existente entre os martelos dos baixos até os agudos.

Construídos de madeira maciça de pinho e revestidos na sua superfície superior com acrílico nas teclas brancas e poliestireno nas teclas pretas, o teclado dos pianos Fritz Dobbert é projetado para desempenhar esta função com precisão e durabilidade.

O mecanismo de um piano é uma máquina de grande complexidade. Milhares de peças produzidas com diferentes matérias-primas tais como; madeira, tecidos, adesivos, resinas, metais, montadas de forma que tenham movimento preciso e coordenado desde o momento que as teclas são acionadas até os martelos percutirem as cordas.

Para que todas as peças que compõem esta admirável máquina possam funcionar com precisão, é necessário um rigoroso controle das matérias-primas empregadas, evitando-se deformações resultantes de fadiga dos materiais e da variação climática.

O mecanismo dos pianos Fritz Dobbert utilizam matérias-primas de alta qualidade, sendo que a madeira empregada é seca em estufa até que o teor de umidade alcance 7%.

Após a instalação do teclado e do mecanismo, o piano Fritz Dobbert é submetido ao “action test”, no qual cada tecla será tocada milhares de vezes em um equipamento eletromecânico. Este artifício contribui para o processo de estabilização da afinação do instrumento e também, prepara o mecanismo e o teclado para a regulagem final.

ACABAMENTO

O piano, além de ser um instrumento musical complexo, é também um objeto de extraordinária beleza e refinamento, podendo complementar o ambiente com elegância e aumentando o nível de satisfação dos seus usuários.

Além da aparência, a qualidade do acabamento é de grande importância para a conservação e durabilidade do instrumento, podendo prolongar sua vida útil e protegê-lo da ação agressiva de intempéries e de causas acidentais.

No acabamento dos pianos Fritz Dobbert, o uso de lâminas de madeiras nobres conferem beleza e autenticidade ao instrumento, tendo ainda a aplicação de vernizes poliéster e poliuretano de alta qualidade para garantir o resultado final. O lixamento e polimento são realizados em máquinas de última geração, possibilitando uma superfície lisa e uniforme.

Se preferir, seu piano pode ser personalizado, pois a Fritz Dobbert realiza a customização dos pianos em qualquer cor pantone, direto da fábrica.

Os pianos Fritz Dobbert são produzidos nos seguintes acabamentos:

  • Preto Preto
  • Imbuia Imbuia
  • Branco Branco
  • Nogueira Nogueira
  • Café Café
  • Carvalho Carvalho
  • Branco Macassá
  • Personalizado Personalizado

CUIDADOS COM O PIANO

Saiba como conservar o seu piano.

Ambientação

  • Pianos necessitam de ventilação adequada. Sua melhor localização é a cerca de 10 cm de uma parede interna ou no centro do ambiente.
  • Não coloque o piano junto a janelas. O móvel deve ser protegido da luz solar direta. Se isso não for possível, use cortinas que impeçam a entrada de raios solares.
  • Mantenha o piano distante de fontes de calor, como aquecedores, ar quente, lareiras, etc. Calor excessivo danifica o móvel e as partes internas, afetando o funcionamento normal.
  • Feltro, tecido, couro e componentes de madeira são sensíveis à umidade. Se ela for excessiva, resulta em ação deficiente do mecanismo e das teclas, além de oxidação das partes metálicas. O ideal é umidade relativa de 70%.
  • Ambientes muito secos também são um problema para o desempenho do piano. Ambientes naturalmente secos têm umidade suficiente para prevenir agressões, mas em locais extremamente secos os componentes de madeira e feltro se contraem. Em raras vezes, a tábua harmônica e outras partes laminadas podem apresentar trincas, apesar de cuidadosamente processadas na fábrica.
  • Para evitar um ambiente demasiadamente seco, aconselhamos manter algumas plantas ou um umidificador no recinto do piano. Não aconselhamos colocar recipientes contendo água dentro do piano: a umidificação por esse processo é ineficaz e pode desencadear um processo de oxidação das partes metálicas e cordas.
  • Observados os itens anteriores, procure colocar o piano onde o som seja bem distribuído. O local ideal é aquele onde o som reverbera, produzindo um timbre agradável, encorpado, macio.
  • Não coloque objetos sobre o piano. Objetos colocados sobre o piano causam empobrecimento dos timbres e vibrações indesejáveis. Não coloque nada sobre o piano, exceto metrônomo e partituras.
  • Não derrame líquido sobre o piano.
  • Qualquer líquido contendo álcool, inseticidas, aerosóis, tintas, cosméticos, produtos plásticos, vinílicos e à base de petróleo são prejudiciais ao piano.

Mantenha o piano limpo

  • Externamente, use apenas flanela umedecida com água, seguida de flanela seca e macia. Internamente, use cuidadosamente uma trincha com pêlos macios.
  • O teclado deve ser limpo periodicamente: use flanela macia e seca. Se estiver muito sujo, use a flanela embebida em solução de água e sabão neutro, bem torcida. Não use álcool ou produtos químicos.
  • Proteja o piano contra insetos e roedores.
  • A limpeza interna do piano deve ser feita por um técnico especializado para que seu instrumento não sofra danos no mecanismo, teclado ou cordas e também para que não sofra alteração na regulagem.

Afinação e Regulagem

  • O piano necessita de dois tipos de cuidado profissional: afinação e regulagem. Afinar significa corrigir a vibração de cada corda, tensionando-a até que se alcance a vibração relativa ao som de cada nota.
  • Em uso normal, a afinação deverá ser efetuada ao menos uma vez por ano. Em uso intenso, como em escolas, teatros, restaurantes e clubes, é recomendável mais vezes. Regular significa ajustar o mecanismo, teclado e pedais. Essa partes do piano sofrem pressões e movimentos constantes que causam desgastes que, por sua vez, causam mau funcionamento. Com uma regulagem precisa, apesar do desgaste, elas voltam a funcionar normalmente.
  • Essa operação só será possível com peças que ainda não atingiram o limite máximo de desgaste. Em peças desgastadas não há possibilidade de regulagem, sendo necessário substituí-las por novas e originais de fábrica. O que, convém salientar, somente ocorrerá após muitos anos de uso.

Essas recomendações têm como finalidade instruir nosso cliente para que mantenha seu piano em condições adequadas, obtendo assim o desempenho ideal.

Afinação e regulagem devem ser feitas por especialistas. Quando seu piano necessitar desses serviços, entre em contato com o a Assistência Técnica da Fritz Dobbert.

Alguns produtos relacionados
  • Quem viu viu também
  • Vistos Recentemente
  • Melhores Ofertas